A grande corrida pela vida

        E por que eu amo os textos do autor Augusto Cury, compartilho com vocês esse texto surpreendente! Bora ser feliz!!

esp.jpg

        Um dia você foi qualificado para entrar na maior corrida de todos os tempos. Eram milhões de concorrentes. Pense nesse número. Quase todos tinham o mesmo potencial para vencer e só um venceria. Você era mais um deles. Analise quais seriam as suas chances. Zero vírgula zero, zero, zero alguma coisa. Suas chances eram quase inexistentes. Você nunca foi tão próximo do zero.
        Você tinha tudo para ser um derrotado. Nunca o fracasso bateu tão perto de suas portas. Porém não podia perder essa corrida, caso contrário, perderia o maior prêmio da história, a vida. Nesse caso, outra pessoa estaria sentada em sua cadeira lendo este livro; outro ser estaria ocupando seu lugar no palco da existência.
        Que corrida é esta? A corrida pela vida. Eram milhões de espermatozoides para fecundar apenas um óvulo e ter o direito de formar uma vida. E você estava lá como o mais teimoso ser da história acreditando que poderia vencer. Você nunca foi tão sonhador! Hoje você, talvez, sonhe pouco. Naquela época você sonhava sonhos quase impossíveis.
         Se outro espermatozoide tivesse fecundado o óvulo, outra pessoa, e não você, teria sido formada. Você estaria banido para sempre das páginas da vida. Não teria olhos para ver o sol e nem emoção para ter amigos.
          Naquela época você era pequeníssimo: milhares de vezes menor que um grão de areia. Era pequeno e incompleto, mas sua capacidade de luta pela vida era espantosa. Seu programa genético determinou que você não poderia morrer, que precisaria fecundar o óvulo no útero da sua mãe. Só assim seria um ser completo. Ansioso, você partiu para o alvo.
        Era o maior concurso da história, a mais árdua corrida disputada por um ser vivo. Era incomparavelmente mais difícil do que superar hoje um câncer, um enfarto, uma crise familiar ou uma crise financeira. Não se desespere ante às crises atuais.
         Conquistar o Oscar de melhor ator, ganhar um prêmio Nobel ou conquistar o topo da carreira de qualquer empresa mundial é uma tarefa facílima se comparada ao concurso de que você participou na aurora da sua vida. Por isso, se você se sente inferior porque não conquistou nada de grandioso, saiba que você é o mais injusto dos homens. Injusto consigo mesmo, pois você venceu o maior e mais difícil concurso da história e não o valoriza. Jamais se sinta inferior e menos capaz do que qualquer ser humano.
          Se você tem dinheiro ou está falido, se é um intelectual ou um iletrado, se é uma pessoa famosa ou vive no anonimato, tudo isso é pequeno em relação ao espetáculo da vida que você conquistou. Sinta a vida pulsando em bilhões de células do seu corpo e vibrando no cerne de sua alma.
        Na lógica da vida, dividir é aumentar. Dividir as células aumenta a vida. Dividir a emoção multiplica a felicidade. Na lógica financeira, dividir é diminuir. Siga sempre a lógica da vida, ela é mais rica do que a lógica da matemática. Você fecundou o óvulo, dividiu-se milhões de vezes e se tornou um ser inteligente.
        Muitos não participariam de um concurso com milhões de concorrentes por medo de ser derrotados. Sabe o que você pensou na grande corrida da vida? Nada! Você ainda não pensava. Se pensasse, talvez tivesse desistido. O passo mais importante da vida foi dado na ausência das idéias.
       O Criador, Deus, colocou-o nesta grande corrida. E você agradeceu profundamente a oportunidade que Ele lhe deu, ainda que não tivesse consciência desse agradecimento. Agradeceu como? Correndo, nadando, movendo-se e lutando pelo direito de viver. Você lhe agradeceu não “olhando” para trás, não ficando inerte diante dos problemas, não reclamando dos obstáculos. Hoje você pode ter se tornado um especialista em reclamar, naquela época você era um especialista em viver.
        Toda vez que pensamos num obstáculo e o consideramos intransponível, ele nos paralisa. Ficamos engessados pelo medo. Pensar com lucidez é necessário, mas pensar excessivamente nas dificuldades que atravessamos trava a inteligência e rouba a esperança.
         Muitos cientistas atormentam-se por não controlar minimamente o mundo das idéias. Muitos executivos mutilam-se por pensar demais. Muitos jovens têm baixa concentração e são irritadiços porque não descansam suas mentes.
        Precisamos aprender a pensar com qualidade. Os que agem sem pensar tumultuam o ambiente, os que pensam excessivamente desgastam-se muito e, algumas vezes, caem nas raias da omissão. Pensar e agir devem rimar na mesma poesia. Ninguém pode acalmar as águas da emoção se não aprender a controlar a agitação dos seus pensamentos.
         Ser feliz pode ter se tornado hoje uma miragem para você. Sua vida talvez tenha se transformado num canteiro de stress. Talvez você não saiba mais o que é ser espontâneo, livre e solto. Talvez você tenha desaprendido a ser alegre e simples e nem saiba mais fazer coisas fora de sua agenda, ainda que seja um jovem. Talvez você pense muito e sinta pouco, precise de grandes estímulos para se emocionar. Mas você pode reverter esse quadro. Lembre-se de que, sob a observação soberana do Autor da existência, você venceu todas as barreiras que o impediam de viver. Agora é hora de você aprender a navegar nas águas da emoção.

(Augusto Cury – Treinando a emoção para ser feliz)

images

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s