Quem sou eu?

10352832_778063805582335_881395804253035917_n-1    Pedagoga, cerimonialista de eventos, analista de qualidade, técnica de telecomunicações, evangelista de crianças, blogueira … E se tirar tudo isso quem sou eu?
Dias desses realizei um encontrinho com algumas amigas apaixonadas por leituras, assim como eu, e essa pergunta chegou de surpresa: “E se tirar tudo isso, quem é você?”. O “QUEM É VOCÊ?” ecoou em meus ouvidos, meio sem jeito e um pouco embaraçada pensei alto: “Quem sou eu?” Ta aí, mais uma pergunta tão simples e difícil de responder! Por que é tão difícil falar de si mesma sem atribuir funções e papéis que ocupamos na sociedade?  Passamos a vida procurando por coisas, buscando realizações, e por vezes acabamos por acreditar que somos o que produzimos. Inseridos numa cultura onde se valoriza o TER ao invés do SER, somos reconhecidos pelo que fazemos e produzimos, e equivocadamente nos definimos por um título ou status. Mas e se tirar tudo isso o que fica? Quem é  a Sunamita se os eventos faltarem, se a voz for arrancada, se as palavras sumirem? Nesse caso eu deixarei de ser? Esse é o paradoxo! Na busca por contentamento, nos esforçamos para manter a aprovação das pessoas que nos admiram por nossas habilidades ou pelas coisas que produzimos ou fazemos. Queremos impressionar e acabamos por construir relações instáveis, sabotando os relacionamentos autênticos que temos com aqueles por exemplo que nos amam independente do que fazemos ou produzimos.

         Na confusão de pensamentos, e no meio de uma crise existencial talvez, elevo os meus olhos para o alto, e Deus me traz a memória Salmo 139 que fala do modo assombroso e maravilhoso que fui criada, e o cuidado maravilhoso do meu Pai Celestial para comigo desde que eu ainda era informe no ventre da minha mãe. No teu livro todas as coisas foram escritas quando nenhuma delas ainda existia. Antes mesmo que eu descobrisse qualquer dom ou talento, meu Senhor já me amava! Aprendi então que Deus não me ama pelo o que faço, pelas minhas obras ou conquistas. Ele me ama pelo o que eu sou! E Ele sabe perfeitamente quem sou, pois Ele é meu Criador! Deus me fez única! Cheia de qualidades e peculiaridades só minhas! E se eu tirar tudo? Quem eu sou? Sou apenas eu: Sunamita, serva de Deus, filha amada, esposa amada e mãe de primeira viagem! Uma menina mulher, que ama viajar pelo mundo, viajar pelos livros, e viajar na “maionese”! Apaixonada pela vida e uma eterna aprendiz, que descobriu que o seu contentamento não está nas coisas desse mundo, mas sim no Senhor,  o autor e consumador da sua fé, e agora anseia por compartilhar com você a experiencia maravilhosa do seu lugar no mundo!

Com carinho

Sunamita

07-12-16